Vinho Sexy

Hoje começo uma nova secção no meu blog.

Vinhos. Vou beber uma garrafa ao calhas durante um jantar e depois dou aqui a minha opinião.

O primeiro foi o Vinho Sexy, tinto de 2005. Não é a gozar, o nome é mesmo este. Não sei o preço porque me deram a garrafa, aliás à minha mulher no cabaz de natal da fábrica, mas só ontem tivemos oportunidade de beber.

 

Ao jantar falámos sobre a Páscoa, o que iamos fazer no fim de semana, e se queriamos receber a visita pascal ou não. Eu não quero porque temos sempre de pôr uma mesa cheia de comida na sala grande e o padre vem já sempre de barriga cheia, e só tem pressa é para levar o envelope. Mais pressas tem, que o ano passado mandou com a mão do Menino Jesus numa esquina da soleira da porta e partiu-se até ao punho. Eles depois ainda colaram e tentaram remendar com a mão de uma boneca de porcelana velha, mas não a encontraram e tiveram de usar a mão de uma tartaruga ninja que estava lá na arca do ATL. Até que disfarça, mas como a mão tinha uma matraca que está presa, ninguém quer beijar o Menino Jeus nessa zona. Dá um efeito engraçado quando o andor anda para trás e para a frente a abanar, e o Menino Jesus parece que está a sacar truques de matracas. Isto faz com que as pessoas comentem e imaginem a Via Sacra com golpes marciais de matracas. Tinha sido bem diferente.

 

Acho que é um vinho razoável, mas o rótulo choca muito com tudo o que vai à mesa. Acho que se este vinho fosse uma mulher era daquelas que está sempre "eu, eu, eu, eu isto!" e veste-se de roxo forte para dar nas vistas, ou às vezes nem usa nada para as pessoas repararem mais. O rótulo devia mais elaborado. Eu desenhava-lhe um cacho de uvas ao canto, e por cima os portões da quinta onde foi feito. Podia também ter um pássaro ou uma árvore mas é opcional. Não gostei do leve travo a tostas que me deixou na boca.

 

O nome acho que é um bocado parolo mas é bem escolhido. Ao fim de uma garrafa bebida, é verdade sim que olhei para a minha mulher e a achei e um bocadinho mais sexy. Não há neste vinho publicidade enganosa, como por exemplo há no vinho Força no Pau. E mais não explico.

 

O vinho fica bem com: rojões, pastéis de bacalhau, rancho, massada de chocos.

Não fica bem com: Nimed, mousse caseira, tostas.

Nota: 3 em 10

 

tags:
publicado por fax às 06:34 link do post | comentar | favorito